Envio gratuito a partir de 40€!

O que é CBD?

Explicamos o que é o óleo de CBD

CBD por definição é um canabinóide presente na planta de cânhamo. Esta planta, que começou a ser cultivada na China há milhares de anos, contém centenas de compostos orgânicos.

Entre eles estão dois grupos que têm propriedades bioativas: canabinóides e terpenos.

O grupo de compostos correspondentes aos canabinóides tem a capacidade de interagir com o sistema nervoso através do sistema endocanabinóide.

A planta de canábis ou cânhamo contém um grande número de canabinóides; os mais conhecidos são o tetrahidrocanabinol (THC), o canabidiol, (CBD), o canabiinol (CBN) e o canabiigerol (CBG).

Todos eles têm estruturas químicas bem definidas e os seus efeitos no corpo humano são diferentes. A CBD está a tornar-se um ativo muito apreciado graças às suas muitas propriedades terapêuticas. Além disso, ao contrário do THC, não tem propriedades psicoativas.

Entendemos propriedades psicoativas que podem causar alterações no sistema nervoso central, capazes de modificar processos cognitivos. Assim como estados emocionais e consciência.

Aceite CBD 5%

19,95

(4 avaliações de clientes)
Óleo CBD 500 para recuperação muscular. Ideal para atletas.

47 em stock

Aceite CBD 10%

34,90

(11 avaliações de clientes)

Óleo CBD 1000 preparado para facilitar a conciliação do sono.

54 em stock

Promoção!

Aceite CBD 20%

69,00

(16 avaliações de clientes)

Óleo CBD 2000 para pessoas com problemas de trabalho ou ansiedade pessoal.

76 em stock

Promoção!

Aceite CBD 30%

97,00

(10 avaliações de clientes)

O Óleo de CBD 3000 é uma preparação para doentes crónicos.

20 em stock

Para que é o CBD e para que é?

O CBD pode agir no sistema nervoso central através de recetores canabinóides. Esta funcionalidade permite que seja utilizado com sucesso em diferentes aplicações terapêuticas.

De acordo com os testemunhos de pessoas que o consomem regularmente, provou-se que tem múltiplas propriedades terapêuticas.

Embora ainda sejam necessários mais estudos e estudos de apoio à informação existente, as seguintes propriedades são atribuídas ao CBD:

  • Controlo de vícios em álcool, cocaína e heroína.
  • Ansiolítico e antidepressivo.
  • Analgésico e anti-inflamatório.
  • Controle náuseas e vómitos.
  • Atrasa o crescimento de tumores cancerígenos.
  • Antipsicótico.
  • Regulador imunológico.

Graças às suas propriedades, o CBD é usado com sucesso para aliviar diferentes sintomas associados a doenças crónicas e para o controlo de estados emocionais negativos.

As doenças cujos sintomas podem ser atenuados graças ao CBD incluem algumas:

  • Esclerose múltipla.
  • Dependência de drogas.
  • Depressão e ansiedade.
  • Efeitos colaterais da quimioterapia.
  • Perda de apetite.

Também é usado como um suplemento dietético especialmente por atletas de alto desempenho. Uma das suas maiores qualidades é que não produz dependência, pelo que o seu consumo nas doses adequadas de cada caso é seguro. Como estão os melhores óleos de CBD?

comprar óleo de cbd

Cosmético

O óleo da planta de cânhamo tem sido usado desde tempos remotos para cuidados com a pele. Graças ao óleo de ómega 3 e 6 é antioxidante e regula a função sebácea.

O CBD também é incorporado nas preparações da pele como componente terapêutico devido às suas propriedades inflamatórias e analgésicas eficazes no seu uso tópico.

uso terapêutico cbd

Terapêutica

O uso terapêutico do CBD é orientado para o seu efeito no sistema endocanabinóide do cérebro humano.

Este sistema trabalha para manter o equilíbrio em processos fisiológicos relacionados com o sistema digestivo e cardiovascular, entre outros.

controlo do vício da cocaína

Controlo do vício da cocaína

O vício da cocaína e as suas implicações sociais fazem da cocaína um problema de saúde pública. Trata-se de uma droga ilegal com muitos consumidores nos Estados Unidos e na Europa.

A luta contra o vício é travada todos os dias em centros de desintoxicação e laboratórios de investigação.

De acordo com informações publicadas em diferentes meios digitais da Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona, os cientistas conseguiram determinar que o CBD pode ajudar a controlar a síndrome da retirada de cocaína. E o melhor é que este composto não causa vício.

Paralelamente, estão a realizar estudos para provar a sua eficácia no tratamento da heroína e do vício em álcool; estas investigações também estão a dar frutos.

Tudo isto é muito esperançoso tendo em conta os efeitos devastadores das dependências destas substâncias que afetam não só o indivíduo, mas também o seu ambiente familiar e social.

ansiolitic e antidepressivo

Ansiolítico e antidepressivo

A depressão é uma doença emocional que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

Muitos medicamentos concebidos para tratar esta condição podem criar dependência. Além disso, têm efeitos colaterais associados que fazem dos antidepressivos uma opção pouco atraente.

A boa notícia é que os estudos emergentes que têm sido realizados para além dos testemunhos de muitas pessoas apresentam CBD como uma alternativa eficaz para tratar a depressão com efeitos colaterais mínimos e com a vantagem de que este composto não produz dependência.

O CBD não pode ser considerado uma cura definitiva para a depressão, mas tem testado com sucesso no controlo deste estado emocional que afeta milhares de vidas em todo o mundo.

O corpo humano tem um sistema endocanabinóide constituído por uma rede de recetores celulares e moléculas que se destinam a regular funções fisiológicas relacionadas com o apetite, humor e sono.

Este sistema endocanabinóide produz as substâncias necessárias para alcançar o equilíbrio neurobiológico do nosso corpo e complementar a ação da Serotonina, uma substância responsável pela gestão do stress e do humor.

O CBD ajuda o sistema endocanabinóide a melhorar a ação dos recetores com os quais a serotonina interage. Graças a isso, a pessoa pode sentir os efeitos calmantes e relaxantes que precisa para superar estados emocionais complicados.

Por outras palavras, o CBD estimula a produção de serotonina e, portanto, as pessoas que sofrem de ansiedade ou depressão conseguem superar as convulsões naturalmente.

Como o CBD não interfere com os processos neuroquímicos do nosso corpo, mas ajuda a equilibrá-los, tratar a depressão com este composto é uma forma segura e eficaz de conseguir melhorias de humor.

Tratamento de insónias

Graças às suas propriedades relaxantes e à sua interação com recetores endocanabinóides,o CBD funciona como um regulador de wakefulness e ciclos de sono.

Por esta razão, é um grande aliado para combater a insónia que une tantas pessoas.

 

O que significa CBD?

CBD significa canabidiol. O seu nome IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada), é 2-[1R,6R)-6-isopropenil-3-metilcyclohex-2-en-1-yl]-5-pentylbenzene-1,3-diol e a sua fórmula molecular é C21H30O2.

Compreender o que é o CBD e quais os efeitos que o CBD tem

 

Benefícios saudáveis

propriedades cbd

Propriedades de óleo de cânhamo

Os extratos de canábis têm benefícios para a saúde. Conscientes desta realidade, cada vez mais países concedem reconhecimento legal ao CBD para fins terapêuticos.

Os óleos de CBD têm outras propriedades? Claro que nas secções seguintes está a explicação completa.

Este óleo é obtido a partir de sementes de cânhamo através de um processo de prensagem a frio. O extrato de cânhamo pode ser consumido com confiança porque não tem efeitos alucinogénicos onde o controlo da consciência e das ações é perdido.

As suas propriedades são muitas, mas aqui está uma quebra de algumas delas.

propriedades de óleo de canábis

Propriedades nutricionais do óleo de cânhamo

Este produto de cânhamo é rico em proteínas de A a E e ácidos gordos. Com especial referência ao tema das gorduras, o óleo de cânhamo contém um total de 80% de ácidos gordos poli-insaturados.

Este óleo de cânhamo exclui elementos nocivos da gordura saturada e, por conseguinte, não apresenta riscos para a saúde. É evidente que a moderação deve ser tida em conta em todos os consumos.

Propriedades petrolíferas de cânhamo para a saúde geral

Uma das características do óleo de cânhamo é a presença de ácido linoleico e ácido gama-linoleico.

Estes têm ação terapêutica para contrariar inflamações e patologias ósseas, como a artrite. Além disso, como parte das suas propriedades tem um efeito calmante no desconforto pré-menstrual e na prevenção de doenças cardíacas.

propriedades de óleo de cbd

O que pode o óleo de CBD fazer para o Alzheimer?

Na realidade, este óleo não volta ao normal para os doentes com diferentes tipos de demência.

No entanto, pode abrandar o processo degenerativo da doença. Os sintomas com que um paciente com alzheimer luta são tão wearables como insónias, perda de apetite, desorientação e ansiedade entre outros.

Óleo de cânhamo utilizado para fins dermatológicos

Este óleo funciona muito bem como um agente regenerador de células. Em relação aos cuidados com a pele, tem ómega 3 e 6, ideal para regeneração celular no corpo e saudável para a conservação da pele.

O óleo de cânhamo previne eficazmente as seguintes manifestações cutâneas:

  • Psoríase.
  • A acne.
  • Pele seca.
  • Melhor cicatrização da pele das feridas.
  • Formação de estrias.
propriedades de óleo de cana

Como consumir óleo de cânhamo

Embora existam outras apresentações, o óleo de cânhamo é assimilado pelo corpo como um suplemento dietético. Pode ser adicionado diretamente às refeições, tal como faria com óleos de outra natureza.

Apenas para citar vários exemplos, pode ser misturado em massas, saladas e outros alimentos do sabor do restaurante.

Na verdade, muitos substituíram o azeite por óleo de cânhamo. Além disso, pode ser ingerido como xarope em uma ou duas colheres de sopa por dia e há outras apresentações tópicas.

canabidiol espanha

O óleo de cânhamo é igual ao óleo de CBD?

Trata-se de uma questão interessante, porque sempre existiu confusão e há que fazer esclarecimentos.

Foi mencionado no início deste artigo que o óleo de cânhamo é obtido a partir das sementes do próprio cânhamo.

No entanto, o óleo de canabidiol ou a sua forma abreviada, CBD, provém das folhas, flores e caule de cânhamo.

Ambos os óleos provêm da mesma planta, mas no extrato diferem. São excelentes e tornam-se aliados para combater várias patologias. Conhecer as suas aplicações específicas pode servir de guia para saber qual dos dois deve usar em determinados casos.

Óleo de CBD: Como se trata doenças?

A eficácia do óleo de canábis é notada na atenuação dos terríveis efeitos de muitas doenças sistémicas e especialmente das de origem neurológica. Grande parte da leitura que está por vir tratará detalhadamente as propriedades do CBD focadas em patologias comuns.

Distúrbios depressivos e óleo de CBD

Longe do que se pensa, a depressão é uma desordem delicada. Quando a pessoa está imersa numa imagem depressiva perde o apetite e o interesse nas suas atividades diárias. Até foram relatados suicídios por esta causa.

A depressão é mostrada por baixos níveis de serotonina e dopamina no cérebro. O que o CBD pode fazer nestes casos?

O óleo de canábis tem propriedades que estimulam a produção de neurotransmissor de fluxo fraco. Isto, por sua vez, aumenta os químicos que combatem os agentes depressivos.

O efeito do óleo de CBD nos tumores

Confirma-se que os canabinóides têm um efeito de abrandamento no crescimento do tumor e param a formação celular que alimenta a sua formação. Além disso, atenuam efeitos colaterais desagradáveis.

Seu efeito na dor

O uso de óleo de CBD, tem um bom efeito analgésico em doentes com cancro.

Por outro lado, os tratamentos envolvidos na quimioterapia podem deixar efeitos colaterais muito desagradáveis. Dois deles são náuseas e vómitos. Este óleo maravilhoso reduz significativamente tais efeitos.

Os pacientes com osteoartrite também apreciam o efeito relaxante deste óleo nos seus ossos doridos. Assim, apenas algumas doenças dolorosas foram mencionadas, mas há muitas mais onde o óleo de canabinóide pode ter uma eficácia semelhante.

O mercado do canabidiol em Espanha está a crescer para o seu uso medicinal e para o reconhecimento terapêutico legal.

Pelo menos 25 lojas já estão estabelecidas e as vendas online estão a um ritmo ainda maior.

Todos os produtos canabinóides são certificados, de boa qualidade. As propriedades do óleo de cânhamo e do cbd são tantas que a investigação ainda está a ser feita no que diz respeito a maiores âmbitos.

Com isto em mente, aqueles que sofrem de uma patologia fazem bem em tentar o mais rapidamente possível os benefícios destes excelentes óleos.

que é cbd

Diferenças entre THC e CBD

THC ou tetrahidrocanabinol é um composto psicoativo; isto é, pode produzir mudanças na forma como percebem a realidade, no comportamento de uma pessoa e nos seus processos mentais.

Em contraste, o CBD ou o canabidiol é um ingrediente ativo que não produz alterações a nível mental, mas tem várias propriedades terapêuticas.

O consumo de CBD medicinal é legal em muitos países, enquanto o consumo de THC devido às suas propriedades psicoativas não é permitido.

Aqui está um gráfico de comparação para que possa entender melhor as diferenças:

CBD (Cannabidiol)

THC (Tetrahidrocannabinol)

No es psicoactivo.

Es psicoactivo: el consumidor "se coloca".

No produce efectos secundarios importantes.

Presenta efectos secundarios como ansiedad y paranoia.

Neutraliza los efectos psicoactivos del THC

Puede causar psicosis.

Su consumo es permitido en muchos países.

Su consumo es ilegal en la mayoría de los países.

os lugares cbd

CBD é um bom antioxidante

Embora ainda faltem ensaios clínicos e estudos, a investigação até à data indica que o CBD é um bom antioxidante e neuroprotetor.

As pessoas que o consomem como suplemento dietético testemunham como a sua saúde e bem-estar melhoraram ao ingerir pequenas doses.

Consumir antioxidantes é de grande importância para todos nós porque estes compostos inibem a reação que ocorre quando os radicais livres estão presentes. Estas reações afetam as moléculas que compõem as células.

As células afetadas podem levar ao envelhecimento prematuro e ao aparecimento de várias doenças como o cancro, o Alzheimer ou o Parkinson. Por esta razão, é necessário consumir substâncias antioxidantes; O CBD está a revelar-se muito eficaz.

Analgésico e anti-inflamatório

O CBD tem sido eficaz em aliviar dores e inflamações de todos os tipos, incluindo dores de queimadura.

Controla náuseas e vómitos

Náuseas e vómitos podem ocorrer numa base ad hoc devido a uma má digestão ou alguma outra causa. No entanto, há casos em que a náusea é um efeito colateral de certos tratamentos, como a quimioterapia.

Nestes casos, o CBD atua sobre os recetores responsáveis pela libertação de Serotonina e em doses muito pequenas é capaz de controlar náuseas e vómitos.

Como é também um ansiolítico muito eficaz, o seu efeito relaxante produz na pessoa um bem-estar geral num curto espaço de tempo.

CBD e cancro

Embora ainda não existam estudos suficientes, a investigação até à data mostra que o CBD pode parar o crescimento de tumores cancerígenos.

O CBD funciona prevenindo a formação de novos vasos sanguíneos onde as células cancerígenas estão presentes. Este processo é conhecido como anti-angiogénese.

Controlo de convulsões em doentes com epilepsia

O CBD é uma grande ajuda no controlo das convulsões em pacientes com epilepsia. Aqueles que o consomem relatam ter sofrido menos episódios e melhoraram consideravelmente a sua qualidade de vida.

É dado com sucesso em crianças com síndromes como Lennox, West e Gastaut.

CBD ajuda a reparar fraturas

O canabidiol estimula a produção e a atividade dos osteoblastos; quando um paciente está se recuperando de uma fratura, a regeneração do tecido ósseo é muito rápida se forem consumidas doses moderadas de CBD.

Neuroprotetor

Estudos e testemunhos de milhares de pessoas que foram tratadas com CBD indicam que o CBD tem propriedades neuroprotetoras. Isto permite retardar a progressão de doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer.

Regulador imunológico

O CBD funciona como um imunossupressore, por isso tem sido útil para aumentar o número de glóbulos brancos em pacientes com HIV e outras doenças autoimunes.

definição de cbd

Como funciona o CBD?

O nosso sistema nervoso tem um grande número de receptores. Através destes recetores e através da ação de certas moléculas as mensagens são enviadas para o cérebro e para o resto do corpo.

Um dos sistemas de receção que temos é o sistema endocanabinóide. Os recetores do sistema endocanabinóide estão espalhados por todo o nosso corpo do cérebro através do sistema nervoso periférico.

Ao nível do cérebro, estes recetores estão localizados nas áreas onde são realizadas funções relacionadas com a memória, concentração de movimento e perceção.

Assim, o sistema endocanabinóide está ligado a vários processos fisiológicos, tais como apetite, humor e perceção da dor.

Os principais recetores do sistema endocanabinóide são conhecidos como CB1 e CB2 que se ligam a compostos endocanabinóides produzidos pelo nosso corpo.

Como o CBD é um fito canabinóide tem uma composição química semelhante, por isso liga os recetores CB1 e CB2 naturalmente.

Esta qualidade permite-lhe atuar como regulador de múltiplas funções fisiológicas, além de alcançar efeitos terapêuticos eficazes no tratamento de náuseas, estados emocionais negativos, convulsões e dores entre outras propriedades.

Graças à facilidade com que interage com recetores endocanabinóides é um aliado para a gestão do stress e ajuda o sistema nervoso a melhorar as suas funções gerais.

Para que é o cbd e para que é?

Possíveis efeitos colaterais do CBD

Embora a maioria dos pacientes tratados com CBD reporte não experimentar efeitos adversos, em alguns casos alguns podem ser experimentados como cansaço, boca seca, tonturas, ligeira perda de apetite ou sonolência.

Em muitos casos, o aparecimento destes efeitos cessa ao reduzir as doses de canabidiol administradas e desaparece completamente quando deixa de consumir.

 

Investigação sobre CBD e suas propriedades terapêuticas

São ainda necessários estudos e pesquisas formais sobre as propriedades terapêuticas do CBD.

Os resultados do trabalho realizado estão a incentivar cada vez mais médicos e cientistas em todo o mundo a investir recursos e esforços para realizar mais estudos e ensaios clínicos.

Graças à sua facilidade de obtenção, aliada ao facto de ser um produto natural que produz pouco ou nenhum efeito colateral, o interesse da comunidade científica neste ativo está a aumentar.

Por outro lado, a necessidade de mais investigação é também sustentada pelos testemunhos de milhares de pessoas que encontraram alívio de muitos sintomas graças ao consumo moderado de CBD.

Quanto tempo dura o efeito cbd?

Há circunstâncias diferentes que determinam quanto tempo o CBD permanece no corpo.

Em primeiro lugar, deve ser tomada em consideração a via de administração, a dose administrada e a frequência com que é utilizada.

Estudos científicos afirmam que o efeito do CBD no óleo pode durar entre um máximo de 6 a 8 horas após a sua administração.

No entanto, a meia-vida do produto no corpo dependerá da frequência do seu consumo.
As doses baixas não permanecerão na corrente sanguínea por muito tempo. Da mesma forma, a interação com outras drogas e a metabolização do CBD em seres humanos tem sido investigada.

Estudos científicos, que usaram doses elevadas de CBD de 700 mg/dia em doentes diagnosticados com a doença de Huntington, mostraram que os níveis desapareceram após uma semana de interrupção do tratamento.

o que significa cbd

Referências

Osorio, J., & Tangarife, H. (2009). CANNABIS, UMA OPÇÃO TERAPÊUTICA. Biosalud, 8(1), 166-177.

Ligação ao estudo de Scielo

Sumariwalla et al. 2004. Um novo ácido canabinóide sintético não-icótico (HU-320) com propriedades anti-inflamatórias na artrite induzida pelo colagénio da murina. Artrite e Reumatismo 50: 985-9

Vuskovi, S., Srebro, D., Vujovi, K., Vuseti, ., & Prostran, M. (2018). Canabinóides e Dor: Novos conhecimentos de moléculas antigas. Fronteiras na Farmacologia, 9. doi: 10.3389/fphar.2018.01259
(2018). Recuperado 11 de julho de 2020

Subscreva a nossa newsletter

Inscreva-se e receba um desconto de 10% na sua compra.

0
Tu compra
Abrir chat